DIÁRIO DE UM CONSULTOR DE EMPRESAS
23 JANEIRO 2019. Madia.
E a primeira grande crise da AMBEV chegou. Nada de preocupante mas, lá pela segunda ou terceira e que são inevitáveis… Literalmente jogaram no lixo da ganância e do dinheiro a qualquer custo duas marcas legendárias: BRAHMA e ANTARCTICA. Uma marca dinamarquesa, SKOL, que saúda, no original, a amizade e a vida, virou narração do percurso que a cerveja faz da boca até converter-se em xixi vangloriando-se de descer redondo; que merda! Lembram, “quem gosta de cerveja bate o pé reclama, quero Brahma, quero Brahma”, ou, “Nóis viemo aqui pra beber ou pra conversar…”. O propósito – propósito?! – é matar a vaca leiteira a exaustão.