Nos jornais de hoje, um anúncio do GOOGLE. De vez em quando recorre às plataformas analógicas e convencionais… Deveria fazê-lo mais…

O que diz o GOOGLE, a propósito, sua unidade de negócios, GOOGLE CLOUD?

Diz o seguinte: “Sua empresa não sabe o que é vazamento de dados? Continue assim. Com o GOOGLE CLOUD sua empresa fica mais protegida que as outras. Isso porque ele possui uma API específica para prevenção de vazamento de dados. Ele dá uma visão panorâmica de todos os seus dados e a proteção integral deles contra qualquer imprevisto. Dessa forma, você continua pensando no futuro dos seus negócios sem precisar se preocupar com a segurança de dados…”

E arremata, berrando, “VAI LÁ, A GENTE PROTEGE AQUI!”
É isso amigos. Deixando de lado o português lamentável, quem mais vende, cresce, prospera, e encaminha-se em direção a converter-se numa empresa “trilhonaria”, com a venda de nossos dados, é quem vem agora nos advertir sobre vazamento de dados, e tentando VENDER PROTEÇÃO. COISA DE BANDIDO!

Ou seja, no digital, os mesmos velhos, corrosivos e criminosos hábitos do analógico!

“Mas temos autorização para fazer isso, para usar os dados dos que recorrem a nossos serviços de busca” – responderá o GOOGLE.

E é verdade! Incautos, tolos, inconsequentes, arregaçamos, abrimos as pernas e concedemos.

Mas não deixa de causar indignação a alguém que usa, abusa, tripudia, e se locupleta de ganhar dinheiro com nossos dados, vir agora nos tentar vender proteção.

E a ÉTICA, onde anda? Até bandido tem, ou deveria ter ética. Mas, os novos bandidos podem tudo… Até quando?