DIÁRIO DE UM CONSULTOR DE EMPRESAS
31 OUTUBRO 2019. Francisco Madia.
Dentre muitas e outras consequências da crise conjuntural brasileira dos últimos 5 anos, os paulistas deixaram de tomar 610.177 xícaras de cafezinho a cada novo dia. Muitas famílias reduziram-se a uma única refeição mais substancial por dia. E, nos restaurantes a quilo, o peso médio dos pratos caiu para menos de 500 gramas… queda média de quase 20%.