DIÁRIO DE UM CONSULTOR DE EMPRESAS
19 SETEMBRO 2019. Francisco Madia.
CONTRATO DE NAMORO; Você já fez o seu? Clarice Lispector, esclarecia, “Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões eu amava.
Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente…”. Todos os escritórios de advocacia, diante da queda de movimento, mais que recomendam: “Levem sempre para as baladas uma minuta de CONTRATO DE NAMORO no bolso, ou, na bolsa”.