DIÁRIO DE UM CONSULTOR DE EMPRESAS
27 SETEMBRO 2019. Francisco Madia.
O mais monumental, bisonho, e inaceitável erro da indústria da aviação segue seu curso. Por leniência, preguiça, açodamento e irresponsabilidade, a BOEING vendeu mundo afora uma gambiarra. O 737 MAX. E vendeu tão bem que o sucesso foi total. O penúltimo episódio foi um velório, a PARIS AIR SHOW no mês de junho. E, desde então, silêncio… Vamos continuar acompanhando…