Ao afirmar, “Quem não reza a Deus, reza ao diabo” PAPA FRANCISCO dá início ao PÓS-CATOLICISMO. Em verdade, quem não reza a Deus pura e simplesmente não reza. É de uma infelicidade suprema a manifestação de Francisco.

Hoje, no Estadão, detalhes que se seguem a afirmação, e ao PÓS-CATOLICISMO. Embora o prefixo PÓS sugira tratar-se de algum comportamento sequencial e para frente, em verdade, factualmente, é uma volta às cavernas dos tempos.

A PÓS-VERDADE, por exemplo, decorrente do caos produzido pelo digital e redes sociais, é o culto à mentira deslavada, ao mundo da burrice e da ignorância, uma volta a idade da pedra e da escuridão.

Mas, e voltando a FRANCISCO, e diante da multiplicação dia após dia, dos milagreiros de todo o tipo que ocupam o espaço daquela que um dia foi a televisão, desde os das novas religiões e seus televangelistas, até mesmo em determinados horários ocupados pela Igreja Católica e patrocinados, dentre outros, por Sidney Oliveira, o sr. Ultrafarma, decidiu FRANCISCO trazer de volta a figura dos padres exorcistas.

Mais ou menos como no filme de 1973, dirigido por WILLIAM FRIEDKIN, protagonizado por LINDA BLAIR, e ainda com MAX VON SYDOW, LEE J. COBB, baseado no livro O EXORCISTA de WILLIAM PETER BLATTY. O filme custou US$12 milhões e rendeu US$500 milhões – um ótimo negócio.

Na matéria do ESTADÃO de hoje fica se sabendo que daqui para frente, VATICANO e CNBB orientam que cada diocese tenha um sacerdote para a função. Segundo o cardeal arcebispo de São Paulo, D. ODILIO SCHERER, “A prática do exorcismo sempre existiu na Igreja… Estamos na arquidiocese preparando padres para serem também exorcistas e os encarregamos conforme a necessidade”.

Assim, amigos, tempos de perplexidade. De retorno as piores das práticas, do culto à ignorância, de tóxicas e descomunais trevas.

A ruptura provocada e a partir do primeiro dos microchips, o 4004 da INTEL, que determina o RESSURGIMENTO, que faz com que o ser humano depois de milhões de ano traga sua primeira contribuição ao mundo que recebeu, agregue a BIOSFERA e seus 3 ambientes, o 4º ambiente, a DIGISFERA, provoca em tudo e em todos, a tal da DISRUPÇÃO UNIVERSAL.

E a primeira reação, diante do desastre, é recorrer-se e refugiar-se na caverna.