ANAIS DA CORRUPÇÃO
MALU GASPAR
PIAUI/JULHO 2017/Pg. 22

“As empreiteiras brasileiras foram as maiores beneficiadas pela política externa de LUIZ IGNÁCIO LULA DA SILVA, que visava transformar o BRASIL em potência geopolítica. Seu governo criou 77 postos diplomáticos, a maioria em países do Terceiro Mundo, e ampliou de forma agressiva o financiamento a obras e serviços no exterior. Entre 2003 e 2015, o BNDES liberou 14 bilhões de dólares para 575 projetos em onze países da América Latina (e a Odebrecht ficou com impressionantes 82% de tudo o que foi liberado nos últimos 10 anos).”

Se você ainda sabe-se lá por quais razões, continua acreditando na santidade desse crápula, recomendo, como última tentativa de abrir seus olhos e sua compreensão, que leia a matéria de capa da revista PIAUÍ deste mês: “A EXPORTAÇÃO DA PROPINA”.

Se mesmo assim, e depois, você continuar acreditando, desisto. Caso perdido.