COMO ASSIM, VEJA! PROPONDO E DEFENDENDO O JEITINHO?

No editorial de VEJA de hoje um longo comentário sobre a proibição de CAETANO de cantar em show num acampamento de sem-teto na cidade de São Bernardo do Campo.

VEJA recapitula. A Justiça impediu o show alegando falta de segurança. Muitos alegam tratar-se de um ato dissimulado de hostilidade à liberdade de expressão artística. E assim entendeu CAETANO que disse, “É a primeira vez que sou impedido de cantar no período democrático”.

Até aí, ou aqui, tudo bem. Triste é a conclusão do editorial de VEJA: “Em outras palavras, é sempre melhor encontrar um jeito de deixar CAETANO cantar do que ficar debaixo desse silêncio incômodo”.

Lamentável. Ou VEJA assume que tratou-se de “censura” e repudia a decisão; ou aceita a posição da Justiça que agiu em proteção a segurança e vida dos participantes.

O que não é possível é finalizar dizendo… “é melhor encontrar um jeito…” . O que que é isso, VEJA, fazendo apologia do jeitinho?